terça-feira, 24 de julho de 2012

BENEFICENTE: venda de livro ajuda Rede Feminina de Combate ao Câncer

A psicoterapeuta Su Kardosh doou 15 exemplares do seu livro Ideias que Cantam em Mim para a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Castro. Ao adquirir seu exemplar, você ajuda os mais de 160 pacientes carentes cadastrados junto à entidade.

Editada pela Editora do Chain, conta com 174 página de textos.

Após interessantíssima Palestra & Tarde de Autógrafos realizada em Castro no dia 16 de junho, juntamente com o Ciclo de Palestras & Confraternização do Concurso Garota Rosa, promovidos pela RFCC, a escritora e psicoterapeuta Su Kardosh doou 15 exemplares de sua obra para a renda ser revertida aos trabalhos da entidade. Os exemplares custam R$ 35 cada e estão disponíveis para visualização e aquisição no estúdio Fabiana Guedes Fotografia (informações pelos fones 3232 4848 e 3232 1501).

Sobre o livro
“Ideias que Cantam em Mim” é o nome do primeiro livro da psicoterapeuta Suely Bacila Kardosh, já lançado em diversos pontos da capital paranaense neste primeiro semestre de 2012. A proposta da mulher de 60 anos e profissional com 36 anos de experiência em psicoterapia corporativa e familiar é mostrar como a música e a poesia podem ser usadas também como ferramenta de atalho nas chamadas terapias breve e brevíssimas que viraram marca registrada da autora. No livro, ela fala da música como agente de mudança para o ser humano e compila um pouco do que viveu e aprendeu em todos esses anos de trabalho. O livro desafia o leitor a experimentar o crescimento interno a partir do momento em que ouve poesia e música de maneira ativa.
Lisegle Cengla bem traduz o teor da obra Razão e sensibilidade. Título de  filme. Não, a expressão que melhor sintetiza o livro de Su Kardosh. Entremeando lindas fotos e letras de músicas, a autora passeia com naturalidade pelos temas que abordam as mais polêmias questões do ser humano. Sempre na primeira pessoa e trazendo conhecimentos acumulados durante a intensa atuação como psicoterapeuta revela nuances que por nós jamais seriam sequer imaginadas envolvendo limite, fidelidade, solidão, convívio, reciprocidade e muitos outros assuntos.(...) Ao virar a última página você terá sorvido o prazer de uma leitura leve e simultaneamente entendido muitos dos seus atos, derrotas, vitórias e fatos do dia-a-dia.

Sobre a autora
Su Kardosh é hoje reconhecida como uma das profissionais com alta capacidade de estimular as pessoas para o caminho do autoconhecimento e da mudança rápida, tanto que tem sido cada vez mais convidada a trabalhar por empresas e famílias, casais e pessoas que querem ser mais felizes, saudáveis e também fazer o bem. O desafio da psicoterapeuta é levar as pessoas a identificar as deficiências e acertos do ambiente familiar e corporativo, ajudando-as a encontrar as melhores saídas para o crescimento pessoal e empresarial.

 “E quantas vezes nossa imaginação nos engana, pois não perguntamos. Perguntas esclarecem, mas parece que para algumas pessoas ofende, significa cobrança e controle ou desconfiança injusta, mas são apenas perguntas para melhor entender. E quando o outro recusa-se a responder gera revolta, dá margem à desconfiança e nos faz descontentes com a falta de atenção e indiferença. Quem não pergunta não gosta de perguntas.” (Trecho do Livro IDEIAS QUE CANTAM EM MIM).

 Conheça mais sobre a autora e seus textos em sua coluna semanal no Plantão da Cidade:  http://www.plantaodacidade.com.br/SuKardosh.htm
Postar um comentário