segunda-feira, 4 de junho de 2012

CAPS promove III Caminhada do Orgulho Louco


Evento quer dar visibilidade ao processo de inclusão
Caminhada em 2011 foi um grande sucesso. Foto Divulgação/ Prefeitura Munic. de Castro

O Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) de Castro, promove no dia 15 de junho, às 13h30, a III Caminhada do Orgulho Louco - evento que surgiu em Santa Catarina -, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a discriminação que sofrem as pessoas com transtorno mental.
De acordo com a psicóloga do CAPS, Lucimar Coneglian, a ideia do evento é dar visibilidade para o processo de inclusão das pessoas com sofrimento psíquico. Ela destaca que ainda há preconceito com pessoas que têm transtorno mental. “O preconceito segrega, e hoje vivemos em um mundo plural que deve acolher todas as diferenças, pois elas somam”, diz.
A caminhada sairá da frente do CAPS, localizado à Rua Cipriano Marques e segue pelas ruas centrais até a Prefeitura, retornando pela Doutor Jorge Xavier da Silva ao CAPS. Foram convidados escolas, entidades e familiares dos pacientes para o evento. “Esperamos a participação da comunidade para apoio à causa”, diz Lucimar.
Atualmente, o CAPS de Castro atende 250 pessoas que recebem acompanhamento de psicólogo, psiquiatra, enfermeiro, assistente social e participam de oficinas de reabilitação psicossocial.
Postar um comentário