terça-feira, 8 de março de 2011

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!

Recebi esta linda mensagem da pedagoga Leila Regina Sanches, de quem souu fã! Lindas palavras para homenagear todas as mulheres pelo seu dia!
A todas vocês, amigas leitoras e clientes que me deram a alegria de serem registradas pelas minhas lentes e assim, podermos aproveitar um pouco da beleza e da unicidade de cada uma, meu muito GRATA neste dia tão especial!
É uma alegria tê-las em minha vida!
FELICIDADES SEMPRE!

"Ser mulher é ser luz, é ter luz,
para iluminar àqueles que não são iluminados.
Ser mulher é transmitir paz,
harmonia, compreensão, não com atos e palavras ...
Ser mulher...
É viver mil vezes em apenas uma vida.
É lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora.
É estar antes do ontem e depois do amanhã.
É desconhecer a palavra recompensa apesar dos seus atos.
Ser mulher...
É caminhar na dúvida cheia de certezas.
É correr atrás das nuvens num dia de sol.
É alcançar o sol num dia de chuva. Ser mulher...
É chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza.
É acreditar quando ninguém mais acredita.
É cancelar sonhos em prol de terceiros.
É esperar quando ninguém mais espera.
Ser mulher...
É identificar um sorriso triste e uma lágrima falsa.
É ser enganada, e sempre dar mais uma chance.
É cair no fundo do poço, e emergir sem ajuda.
Ser mulher...
É estar em mil lugares de uma só vez.
É fazer mil papeis ao mesmo tempo.
É ser forte e fingir que é frágil...
Pra ter um carinho.
Ser mulher...
É se perder em palavras e
depois perceber que se encontrou nelas.
É distribuir emoções que
nem sempre são captadas.
Ser mulher...
É comprar, emprestar, alugar,
vender sentimentos, mas jamais dever.
É construir castelos na areia,
vê-los desmoronados pelas águas.
ainda assim amá-los.
Ser mulher...
É saber dar o perdão...
É tentar recuperar o irrecuperável.
É entender o que
ninguém mais conseguiu desvendar.
Ser mulher...
É estender a mão
a quem ainda não pediu.
É doar o que ainda não foi solicitado.
Ser mulher...
É não ter vergonha de chorar por amor.
É saber a hora certa do fim.
É esperar sempre por um recomeço.
Ser mulher...
É ter a arrogância de viver
apesar dos dissabores, das desilusões,
das traições e das decepções.
Ser mulher...
É ser mãe dos seus filhos...
Dos filhos de outros.
É amá-los igualmente".


*Leila Regina Sanches*
Professora/Pedagoga
http://leilart.wordpress.com/
http://www.morangossaovermelhos.blogspot.com/
Postar um comentário