domingo, 26 de abril de 2009

Lendas indígenas na era digital

Espetáculo infantil “Paiquerê Piquiri Fiietó” usa a tecnologia para contar crenças dos caingangues

Foto da Divulgação

Como surgiu o fogo? A onça pintada veio de onde? E a Serra do Mar, como apareceu? Respostas para essas e outras perguntas estão nas lendas dos índios caingangues. São histórias fantásticas que buscam no repertório mítico e poético brasileiro explicar o surgimento dos seres e das coisas.
Esses mitos folclóricos são o ponto de partida do espetáculo infantil “Paiqueri Piquiri Fiietó”, que estão em cartaz no auditório Poty Lazzarotto do Museu Oscar Niemeyer neste sábado e domingo (25 e 26 de abril). Na peça, a contadora de histórias e pesquisadora Cléo Busatto explora o imaginário da cultura brasileira originado em uma época muito anterior à chegada dos primeiros europeus à América.
As crianças conhecem contos de fadas, muitas histórias autorais, mas poucas já ouviram falar nos mitos da nossa terra. O reconhecimento da cultura dos povo minimiza as diferenças entre eles”, destaca Cléo Busatto.
Para transmitir esse conhecimento popular às crianças, a pesquisadora resolveu unir duas linguagens bem distantes no tempo: a arte milenar de contar histórias e a tecnologia, utilizando a narração digital. Em cima do palco, ela interage com projeções em vídeo e sons pré-gravados. Paisagens, animais, jogos para computador e sons da natureza ganham vida, completam a narração e prendem a atenção das crianças.
O espetáculo é destinado principalmente a alunos de 1ª a 4ª séries que entram em contato com histórias antigas através de uma linguagem contemporânea. Esses elementos despertam não apenas o interesse das crianças pela cultura nacional, mas também estimulam a pesquisa de novas tecnologias de informação.

Serviço:
Paiquerê Piquiri Fiietó
Dias 25 e 26 de abril
Horário: 16h
Auditório do Museu Oscar Niemeyer – Rua marechal Hermes, 999
Entrada franca
Informações: (41) 3023-2008

Postar um comentário