quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Voluntária faz palestra sobre doações de medula na Assembléia Legislativa



Josefa Schimit, 44 anos, 4 filhos, é faxineira em três estabelecimentos, incluindo o CREA de Ponta Grossa. Teve pouco acesso aos estudos e somente depois de adulta aprendeu como é fácil se tornar um doador de medula óssea e como é difícil encontrar doadores compatíveis, na grande maioria dos casos.
Para divulgar esses dois pontos, Josefa criou o Projeto Você Consegue. Em seus horários de folga, ela visita empresas e estabelecimentos comerciais para explicar aos colaboradores e funcionários que basta ter bom estado de saúde, ter entre 18 e 55 anos de idade e doar apenas 10 ml de sangue para se tornar um doador cadastrado. Os exames complementares somente serão feitos se houver um paciente que apresente sinais de compatibilidade. Ela faz a palestra, cadastra os interessados e depois retorna ao local com a equipe especializada para coletar amostras.
O Projeto tem sido um grande sucesso em Ponta Grossa e região. Por lá, Josefa já visitou mais de 50 empresas e já conseguiu cadastrar mais de 1700 doadores. No sábado (17), Josefa participou da 5ª Noite de Amor e Arte, promovida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Castro, e apresentou o garoto Gabriel, de apenas 5 anos e pertencente a uma família de baixa renda, que está na fila de espera em busca de um doador. Mesmo tendo 7 irmãos, nenhum deles é compatível com sua tipagem.
Nesta quinta, 22, Josefa estará em Curitiba, no Plenarinho da Assembléia Legislativa do Paraná, às 14 horas, em busca de novos doadores. Ela promete, contudo, chegar mais cedo para visitar os funcionários em seus gabinetes.
Você é nosso convidado especial a apoiar essa iniciativa!
Compareça! Divulgue!

Saiba mais sobre o Projeto Você Consegue no Portal: http://www.voceconsegue.xpg.com.br/
Camisetas do Projeto podem ser adquiridas por R$ 20 pelo site ou com a palestrante e ajudam a custear as despesas de viagem. Josefa recebeu convites para palestrar em Santa Catarina e Mato Grosso, mas até o momento, por falta de condições financeiras, não pode aceitá-los.
Foto by Fabiana Guedes.
Postar um comentário